AVISO IMPORTANTE:

* Nossa casa fica em Porto Alegre (RS). Para maiores informações, contate-nos via e-mail.




sexta-feira, 11 de março de 2011

Conexões de Orações


CONEXÕES DE ORAÇÕES

Existe um costume muito enraizado na cultura das pessoas no geral. Quando não gostamos ou não concordamos com o comportamento de uma outra pessoa, tecemos a nossa infalível crítica, que mesmo não sendo expressada verbalmente, apenas no pensamento, já tem uma energia e direção. Não estamos dizendo que os comportamentos inferiores das pessoas a nossa volta devem ser simplesmente ignorados ou que esses aspectos não sejam perturbadores. O que queremos expor aqui é o fato de que mesmo que a pessoa tenha um comportamento negativo, nunca deveremos fazer comentários igualmente críticos já que isso irá reforçar esse padrão de comportamento. Quando alguém nos faz alguma coisa inferior, é por que essa pessoa está em uma vibração baixa. Quando manifestamos verbalmente ou mentalmente a nossa crítica para aquela pessoa, estamos projetando nela mais energia negativa, reforçando essa vibração baixa.

Honestamente é muito difícil para qualquer
pessoa conseguir segurar os comentários ou reações naturais. Só que o resultado desse processo natural é que não conseguimos nunca ajudar a quem precisa evoluir. A pessoa recebe essa vibração inconscientemente se mantém cada vez mais nessas vibrações densas.
 Com o tempo, quando os comentários, críticas ou reclamações continuam a acontecer, um campo energético consistente nessa vibração característica se forma, o que gera uma rede impulsos de inferioridades, ancorando comportamentos negativos no indivíduo que recebe a crítica. Essa energia concentrada dificulta muito a evolução da pessoa.

A vantagem desse processo é que atua tanto no sentido negativo quanto no positivo.
É preciso encontrar na pessoa o entendimento de que ela é alguém que mesmo sem ter consciência, precisa muito de ajuda. É preciso entender que as pessoas que seriam alvo da sua crítica são seres distanciados de sua essência divina e espiritualidade.

É necessário projetar na pessoa ou situação, um pensamento positivo contrário ao que está em evidência, o que gera grande enfraquecimento na personalidade negativa. É muito simples: você pode fazer em silêncio, mentalmente e às vezes até na frente da própria pessoa, ou também em um segundo momento. Faça apenas uma mentalização rápida, imaginando a pessoa serena, feliz, consciente de seu erro, compassiva, cheia de amor, despertando para sua evolução. Parece que não funciona, mas aos poucos é possível ver os resultados.
Esta prática cria um campo de energia positivo em volta da pessoa a que se destina que pode ser extendido a todo um grupo de pessoas, dependendo do foco que você coloca nele.

O passo principal é eliminar a crítica. O próximo passo é manter continuamente esse hábito para que o campo de energia se faça, se fortifique e se estenda. Após a construção dessa energia, é importante estimular mais e mais pessoas a fazer o mesmo. Nesse estágio as orações devem ser enviadas não só para quem precisa mas para as outras pessoas que estão na mesma caminhada, com isso essa corrente se fortifica e se expande mais ainda. É importante perceber que o foco não é só as pessoas e situações que precisam de prece, mas também as outras pessoas que rezam.


(baseado em texto de Bruno J. Gimenes - texto completo no link http://bemzen.uol.com.br/noticias/ver/2011/01/07/2116-conexoes-de-oracoes)

 



Nenhum comentário:

Postar um comentário