AVISO IMPORTANTE:

* Nossa casa fica em Porto Alegre (RS). Para maiores informações, contate-nos via e-mail.




segunda-feira, 7 de março de 2011

Condições Fundamentais para a Cura (por Edvaldo Kulcheski)

É lícito buscar a cura, mas não se pode exigí-la, pois ela dependerá da atração e fixação dos fluidos curadores por parte daqueles que devem recebê-los.
A cura se processa conforme nossa fé, merecimento ou necessidade.
Quando uma pessoa tem merecimento, sua existência precisa continuar ou as tarefas a seu cargo exigem boa saúde, a cura poderá ocorrer em qualquer tempo e lugar, até mesmo sem intermediários (aparentemente, porque ajuda espiritual sempre haverá).
No entanto, às vezes, o bem do doente está em continuar sofrendo aquela dor ou limitação, que o reajusta e equilibra espiritualmente, o que nos faz pensar que nossa prece não foi ouvida. Para tanto, vejamos o que diz Emmanuel no livro Seara dos Médiuns, no capítulo "Oração e Cura":

"Lembremo-nos de que lesões e chagas, frustrações e defeitos em nossa forma externa são remédios da alma que nós mesmos pedimos à farmácia de Deus.
A cura só se dará em caráter duradouro se corrigirmos nossas atuais condições materiais e espirituais.
A verdadeira saúde e equilíbrio vêm da paz que em espírito soubermos manter onde, quando, como e com quem estivermos.
Empenhemo-nos em curar males físicos, se possível, mas lembremos que o Espiritismo cura sobretudo as moléstias morais".

De uma maneira primorosa, Allan Kardec nos situa sobre o assunto:

"A cura se opera mediante a substituição de uma molécula malsã por uma molécula sã.
O poder curativo está, pois, na razão direta da pureza da substância inoculada, mas depende também da energia da vontade que, quanto maior for, mais abundante emissão fluídica provocará e tanto maior força de penetração dará ao fluido.
Depende ainda das intenções daquele que deseje realizar a cura, seja homem ou espírito".


Daí então se depreende que são quatro as condições fundamentais das quais depende o êxito da cura:
  • o poder curativo do fluido magnético animalizado do próprio médium
  • a vontade do médium na doação de sua força
  • a influenciação dos espíritos para dirigir e aumentar a força do homem e as intenções, méritos e fé daquele que deseja se curar. (Fonte: www.ippb.org.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário