AVISO IMPORTANTE:

* Nossa casa fica em Porto Alegre (RS). Para maiores informações, contate-nos via e-mail.




sábado, 11 de janeiro de 2014

Em qual nível de negatividade você se encontra?

Este texto é de Patrícia Donban Machado e foi publicado no STUM.
Achei tão importante que vou postar aqui. Tirem ótimo proveito, como eu tirei!

" Você sabe que semelhante atrai semelhante? Que pessoas positivas são atraídas para a energia positiva e pessoas negativas são atraídas para a energia negativa?

Nós tendemos a perceber a energia negativa como algo que somente as outras pessoas têm. Claro, às vezes nos sentimos negativos, mas você sabia que a negatividade pode estar tão arraigada em você que pode passar despercebida? Isso porque, às vezes, a negatividade usa um disfarce chamado "realidade". É fácil racionalizar que você está sendo apenas realista ao não ousar perseguir um sonho.
Você pode acreditar que pessoas positivas não estão sendo realistas, que na verdade estão sendo ingênuas, que estão em negação etc., mas essas pessoas são realmente idiotas felizes? Considere o seguinte: desde quando "ser realista" significa necessariamente que algo dará errado e que você tem que aceitar isso como verdade?
Quando você vê o mundo a partir de um ponto de vista realista, você não pode deixar de ser negativo se a sua versão da realidade é negativa. Se a sua versão da realidade é negativa, você está condicionado a acreditar que tudo o que pode dar errado, vai dar errado e tudo o que pode dar certo, provavelmente vai dar errado também. Suas crenças inconscientemente lhe tornam uma pessoa negativa sem que você esteja ciente disto!

Portanto, se essa negatividade está tão arraigada em você que você não percebe isso, como você determina se está preso em uma nuvem de energia negativa que está atraindo as pessoas erradas, situações erradas e sentimentos errados? E como você pode ter certeza de que você não está perpetuando esta negatividade?

Aqui está um rápido teste para medir o seu nível de negatividade:


- Você reclama? Durante todo o tempo ou só às vezes?
- Você costuma discutir o que há de errado no mundo mais de o que é certo? Isto inclui o tempo horroroso, o tráfego horrível, o governo corrupto, a economia péssima, os sogros idiotas etc.?
- Você critica? Durante todo o tempo ou apenas certas pessoas?
- Você é atraído para o drama e o desastre? Você não dá bola para os escândalos das celebridades? Você consegue desligar a TV quando está passando a notícia de um desastre?
- Você sente culpa? Durante todo o tempo ou apenas de determinadas situações?
- Você acredita que não tem controle sobre a maior parte dos resultados da sua vida?
- Você se sente como uma vítima?
- Você está grato por aquilo que é, ou você só será grato quando as coisas finalmente começarem a dar certo para você?
- Você sente que as coisas estão acontecendo com você? Ou você acha que elas estão acontecendo através de você?

Se você respondeu sim a qualquer uma das perguntas acima, você está segurando energia negativa em algum grau.
Se você só é grato quando as coisas dão certo, você é negativo. A gratidão é positiva, se você é grato pelo que é, então você pode atrair mais e mais energia positiva em sua vida.

Acreditar que as coisas acontecem COM você lhe coloca no papel de vítima, então, é fácil ser negativo porque é conveniente dar ao outro esse poder. Mas então me diga: quem ou o que é culpado quando as coisas BOAS acontecem com você? Você reconhece que é responsável ​​pelas coisas boas, mas culpa eventos externos ou outras pessoas por suas falhas? Quando boas coisas acontecem, elas são um resultado do que você fez, mas quando coisas ruins acontecem não são culpa sua? É preciso coragem para aceitar que você cria a sua experiência de vida!

Para limpar a energia negativa e aumentar a sua vibração, você terá que treinar uma atitude positiva. Você já notou que pessoas positivas parecem ter o que querem da vida, e mesmo se as coisas não seguem o caminho que escolheram, elas ainda desfrutam de suas vidas, enquanto pessoas negativas lamentam e lamentam sobre seus infortúnios e até mesmo das coisas boas de suas vidas?

Cancelar pensamentos negativos e substituí-los por pensamentos positivos requer prática e persistência para superar o condicionamento passado e pensar intuitivamente da alma, em vez de focar a "realidade" - criar uma nova realidade na sua imaginação e manifestá-la no mundo exterior.

Ninguém quer energia negativa permeando suas vidas, mas muitos de nós ainda permitimos isso. Essa permissão inconsciente, com base em condicionamentos passados, sugere um resultado negativo inevitável em certas situações. Quando você superar esse condicionamento e perceber que tudo pode ser mudado, que você tem mais controle sobre suas circunstâncias do que você acredita, então, você pode começar a projetar conscientemente a sua vida. "


quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Ano Novo!


 Hoje é o dia que dá início a um novo ano.
    É o dia primeiro. Todos queremos iniciar mais um ano com esperanças renovadas. É um momento de alegria e confraternização.
    As rogativas, em geral, são para que se tenha muito dinheiro no bolso, saúde para dar e vender.
    Mas será que se tivermos tudo isso teremos a garantia de um ano novo cheio de felicidade?
    Se Deus nos dá saúde, o que normalmente ocorre é que tratamos de acabar com ela em nome das festas. Seja com os excessos na alimentação, bebidas alcoólicas, tabaco, ou outras drogas não menos prejudiciais à saúde.
    Não nos damos conta de que a nossa saúde depende de nós.
    Dessa forma, se quisermos um bom ano, teremos que fazer a nossa parte.
    Se pararmos para analisar o que significa a passagem do ano, perceberemos que nada se modifica externamente.
    Tudo continua sendo como na véspera. Os doentes continuam doentes, os que estão no cárcere permanecem encarcerados, os infelizes continuam os mesmos, os criminosos seguem arquitetando seus crimes, e assim por diante.
    Nós, e somente nós podemos construir um ano melhor, já que um feliz ano novo não se deseja, se constrói.
    Poderemos almejar por um ano bom se desde agora começarmos um investimento sólido, já que no ano que se encerra tivemos os resultados dos investimentos do ano imediatamente anterior e assim sucessivamente.
    Poderemos construir um ano bom a partir da nossa reforma moral, repensando os nossos valores, corrigindo os nossos passos, dando uma nova direção à nossa estrada particular.
    Se começarmos por modificar nossos comportamentos equivocados, certamente teremos um ano mais feliz.
    Se pensarmos um pouco mais nas pessoas que convivem conosco, se abrirmos os olhos para ver quanta dor nos rodeia, se colocarmos nossas mãos no trabalho de construção de um mundo melhor, conquistaremos, um dia, a felicidade que tanto almejamos.
    Só há um caminho para se chegar à felicidade. E esse caminho foi mostrado por quem realmente tem autoridade, por já tê-lo trilhado. Esse alguém nós conhecemos como Jesus de Nazaré, o Cristo.
    No ensinamento Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo está a chave da felicidade verdadeira.
            Jesus nos coloca como ponto de referência. Por isso recomenda que amemos o próximo como a nós mesmos nos amamos.
    Quem se ama preserva a saúde. Quem se ama não bombardeia o seu corpo com elementos nocivos, nem o Espírito com a ira, a inveja, o ciúme etc.
    Quem ama a Deus acima de todas as coisas, respeita Sua criação e Suas leis. Respeita seus semelhantes porque sabe que todos fomos criados por Ele e que Ele a todos nos ama.
    Enfim, quem quer um ano novo repleto de felicidades, não tem outra saída senão construí-lo.
    Importa que saibamos que o novo período de tempo que se inicia, como tantos outros que já passaram, será repleto de oportunidades. Aproveitá-las bem ou mal, depende exclusivamente de cada um de nós.
*  *  *
    O rio das oportunidades passa com suas águas sem que retornem nas mesmas circunstâncias ou situação.
    Assim, o dia hoje logo passará e o chamaremos ontem, como o amanhã será em breve hoje, que se tornará ontem igualmente.
    E, sem que nos demos conta, estaremos logo chamando este ano que se inicia de ano passado e assim sucessivamente.
    Que todos possamos aproveitar muito bem o tesouro dos minutos na construção do amanhã feliz que desejamos, pois a eternidade é feita de segundos.
 
(Redação do Momento Espírita, com pensamentos extraídos dos verbetes Oportunidade e Tempo, do livro Repositório de sabedoria, v. 2, pelo Espírito Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal)

(fonte: http://espnetjovem.blogspot.com.br/)