AVISO IMPORTANTE:

* Nossa casa fica em Porto Alegre (RS). Para maiores informações, contate-nos via e-mail.




segunda-feira, 22 de maio de 2017

Gratidão, Umbanda!

por Cândida Camini

" A Umbanda tem fundamento, é preciso preparar "
Desde que Pai Joaquim mencionou a primeira vez que iríamos montar um grupo de estudos, isto lá pelo ano de 2007, nunca mais deixamos de nos reunir com todos aqueles que têm interesse em conhecer mais sobre a Umbanda e sobre mediunidade.
Não temos a pretensão de formar ninguém neste assunto, até por que o aprendizado é constante e mais se aprende pisando o chão do Terreiro na prática da caridade do que em cursos cheios de teoria e pouquíssima prática.
O objetivo é , principalmente, passar conhecimento, aprender com quem sabe mais, ensinar quem menos sabe, como bem disse o Caboclo das 7 Encruzilhadas quando instituiu a Umbanda no Brasil, em 1908.
Não há compromisso algum dos participantes com nosso Terreiro, ou com a Umbanda.
Nada é cobrado.
Esta semana que passou encerramos mais um ciclo de estudos, ocasião em que alguns fizeram questão de se manifestar sobre como foi para eles este período.
Transcrevo a seguir algumas frases que permearam nossa última reunião:

" A Umbanda me deu chão. "

" Eu tinha muito preconceito. Jamais imaginei que a Umbanda fosse assim. Quanto mais aprendo, mais quero saber. "

" No início foi difícil, porque estar aqui exigiu um olhar para dentro de mim mesma. "

" Foi demais, sem palavras para descrever."

" A Umbanda mudou meus pensamentos e atitudes no dia a dia. "

" Aqui, eu reencontrei a minha família. "

Gratidão, Umbanda!
Ao mesmo tempo em que nos invade a agradável sensação do dever cumprido, percebemos cada vez mais o tamanho da nossa responsabilidade.
Não há espaço para graves enganos.
A Fé em quem nos guia precisa ser reafirmada todos os dias.
A coragem para seguir em frente não pode se abalar.
E a gratidão é imensa, por tudo e por todos, principalmente por este Nêgo amado, que não cansamos de agradecer, Pai Joaquim de Cambinda!

Saravá, Umbanda!

Nenhum comentário:

Postar um comentário