AVISO IMPORTANTE:

* Nossa casa fica em Porto Alegre (RS). Para maiores informações, contate-nos via e-mail.




quarta-feira, 12 de outubro de 2011

A Umbanda e as Crianças

Hoje está sendo comemorado mais um Dia das Crianças.
Muito mais do que uma data comercial, muito mais do que presentear nossas crianças, devemos refletir sobre o que elas representam de fato nas nossas vidas e como as tratamos no dia a dia e não só no Dia das Crianças.
E quando escrevo "nossas crianças", não estou me referindo somente àquelas que estão ligadas a nós pelos laços de sangue, ou amizade.
Mas principalmente aquelas crianças carentes de afeto.
Na Umbanda temos a Falange de Cosme e Damião, espíritos infantis cujo trabalho é principalmente despertar nos adultos o seu lado infantil e chamar a atenção deles para a necessidade que as crianças têm de receber atenção, carinho, respeito, amor.
Não é raro ver um adulto comumente sério no seu dia a dia, abrir um largo sorriso ao se defrontar com as brincadeiras dos Cosmes.
Tem uma inclusive, muito minha conhecida, que costuma dizer que ganha uma estrelinha, toda vez que arranca um sorriso de um adulto, rsrsrs.
E quem não conhece a sua criança interior, se surpreende agradavelmente quando tem a felicidade de receber a energia de uma destas crianças. 
A Casa Pai Joaquim de Cambinda adotou uma creche de crianças carentes, na Vila Jardim, no Natal do ano passado. Neste dia, a responsável pela creche pediu-nos que mantivéssemos o vínculo com aquelas crianças, porque muito mais do que presentes, elas necessitam de carinho.
Estamos nos organizando melhor para poder manter este vínculo, porque a caridade não se pratica somente dentro do Terreiro.
E quem sabe em um dia não muito distante, possamos ter em nossa casa um grupo dedicado às crianças que frenquentam o Terreiro, ensinando a elas o que é a Umbanda, para que nossa religião possa ser cada vez mais respeitada e sofrer menos preconceito.
Feliz Dia das Crianças a todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário